5 dicas para conseguir dinheiro para o seu negócio

Jovens são os que mais sofrem na hora de conseguir dinheiro para o seu negócio através dos meios tradicionais (empréstimos bancários e investimentos)

Começar o próprio negócio não é uma tarefa fácil, principalmente se você não tem dinheiro para tirar a ideia do papel. Trazer as ideias do campo imaginário para o mundo real pode dar um trabalho e tanto, afinal, antes de mais nada requer valores para compor o capital de giro de um negócio.

Mas não basta apenas ter dinheiro para começar a empreender, é preciso planejamento para que o dinheiro retorne e você não tenha prejuízos.

Você acredita que tem uma boa ideia mas não sabe por onde começar, ou até sabe na teoria o que fazer, mas todas as opções demandam investimento? Não se preocupe, separamos para você cinco dicas de como conseguir dinheiro para sua empresa. Confira!

Capital próprio

Qualquer que seja a ideia do seu negócio é preciso que você acredite nela. No entanto, é necessário criticidade por parte do empreendedor para distinguir se a sua paixão resultaria em um empreendimento sustentável.

Por exemplo, você pode ser vegano e começar uma boleteria vegana porque sempre foi apaixonado por bolos. Será que esse negócio teria demanda de clientes? Será que esse nicho de mercado seria viável?

O número de veganos/vegetarianos está crescendo, mas o que queremos aqui não é, apenas, que você não acredite na ideia porque é apaixonado por ela, mas acredite porque é viável e pode se tornar lucrativa. É essencial fazer pesquisas de mercado antes de começar qualquer investimento.

Investir pode trazer um certo receio em empreendedores de primeira viagem. Mas, com métricas e dados adquirido por meio de um estudo prévio do mercado que se deseja participar, é possível desenhar um cenário mais favorável para investimento e trazer mais segurança para quem vai financiar a nova empresa.

Nem sempre é viável para todos os aspirantes a empreendedores, mas, a melhor forma de começar o seu próprio negócio e com o seu capital. A principal vantagem de empreender com recurso próprio é que se, porventura, o seu empreendimento não prosperar você não estará endividado com possíveis financiamentos.

Se você não tem dinheiro suficiente para começar, talvez a venda de algum bem possa ajudar a arrecadar o montante inicial.

Investidores

Investidores buscam empreendimentos lucrativos e com prospecção de crescimento. Valorize os pontos positivos do seu negócio

Você definitivamente não tem um conto de réis para começar a empreender. Uma das formas mais utilizadas para obter dinheiro é a busca por investidores que, assim como você acreditam no sucesso da sua ideia.

O primeiro passo para começar a buscar investidores é ter um plano de negócios, claro, conciso e direto. Valorize todos os aspectos positivos do seu negócio na apresentação para os seus possíveis investidores.

Antes que você comece a se aventurar buscando patrocínio lembre-se: investidores almejam rentabilidade e crescimento, eles investem em ideias que parecem lucrativas.

Tenha em mente os objetivos do seu empreendimento, não titubeie. Mais do que na ideia, os investidores estarão investindo em você.

Agências de fomento

As agências de fomento são destinadas a financiar ideias, negócios previstos em seu plano de desenvolvimento. Mas não custa tentar, talvez a sua ideia se em encaixe dentro dos empreendimentos cobertos no programa de fomento.

O diferencial de buscar recursos através de agências de fomento são as baixíssimas taxas de juros cobradas por essas instituições, algumas nem mesmo chegam a cobrar juros de seus empreendedores.

Empréstimos

Os empréstimos são indicados se você precisa de dinheiro rápido para começar o seu negócio. Pedir um empréstimo pode parecer um bicho de sete cabeças para  você que está começando e talvez realmente seja. Mas é possível contar com a ajuda de alguns sites especializados em simulação de crédito ou comparadores de empréstimo, como o Juros Baixos.

Para que você possa utilizar deste recurso é preciso que você tenha em mente o tipo de empréstimo que deseja solicitar. Veja algumas opções:

Crédito pessoal: essa modalidade de crédito leva em conta o seu perfil consumidor, a sua renda e a probabilidade estimada pelo banco de que você conseguirá quitar a dívida visto que não há garantias. Se você possui conta em banco pode solicitar um empréstimo pessoal.

Empréstimo consignado: apesar de apresentar taxas mais vantajosas se restringe a um pequeno grupo de pessoas. O empréstimo consignado só pode ser solicitado por aposentados, pensionistas e funcionários da iniciativa privada ou funcionalismo público. Isso porque o valor das parcelas é descontado direto da folha de pagamento desses clientes.

Empréstimo com garantia: Caso você possua um imóvel ou algum bem que possa servir de garantia para a instituição financeira, você poderá solicitar um empréstimo com garantia. Nessa modalidade de crédito o seu bem fica “penhorado” até a plena quitação da dívida. Em caso de inadimplência ele poderá ser recolhido pela instituição financiadora.

Além disso, existem opções de empréstimo voltadas especificamente para empresários.

Incubadoras ou Aceleradoras

Se você é jovem e está começando agora talvez seja difícil conseguir dinheiro por meio de um empréstimo.

Uma opção que pode se mostrar válida para você são as incubadoras de negócio. Por via de regra, as incubadoras são ligadas ao governo nas áreas de fomento ao desenvolvimento, ou a instituições de ensino superior. Em uma incubadora você poderá contar com toda a infraestrutura para iniciar o seu negócio, além de respaldo para o seu crescimento.

Já as aceleradoras buscam startups com potencial de crescimento rápido. São formadas por empreendedores e investidores privados que oferecem não só recursos financeiros como treinamentos e mentoring. O objetivo é, como o nome sugere, acelerar o crescimento da empresa em curto prazo.

As incubadoras irão focar no plano de negócios enquanto as aceleradoras irão focar no modelo de negócios.

Planejamento sempre

A captação de recursos é um passo fundamental para que a empresa consiga atingir seus objetivos. Trata-se de um momento crucial e que exige organização e atenção por parte do empreendedor. É preciso analisar cada uma das opções e as consequências que elas trazem para o planejamento financeiro da empresa e do gestor.

Além disso, é preciso muito cuidado para não assumir dívidas que não poderá arcar e só solicite crédito em empresas confiáveis. Aqui tem uma lista de empresas fraudulentas e, não se esqueça, nenhuma empresa idônea solicita adiantamento de valores para conceder empréstimo.

Boa sorte em seu empreendimento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *