Digitalize o crédito para sua empresa. Simule com a Nexoos!
Empresas

Capital social: você sabe a importância para as empresas?

Ao abrir o seu negócio, você provavelmente pesquisou quais seriam seus gastos nos meses iniciais, planejou o investimento e verificou junto a seus possíveis sócios como cada um poderia contribuir. Caso você não tenha registrado tudo isso em um contrato social, o que você fez foi uma determinação informal do capital social da empresa.

De forma simples, esse capital é uma soma de todos os custos que uma empresa gera antes de ser capaz de se sustentar por conta própria. Isso inclui salários, materiais, localidade, impostos, tudo. E não precisa vir exatamente na forma de moeda, podendo haver investimentos na forma de materiais, propriedades ou serviços.

O capital social é associado ao sócio que o trouxe. Por exemplo, se um dos integrantes da empresa oferece um imóvel no valor de R$500.000 como investimento, esse é o seu valor no capital. Todos esses números são registrados em um contrato social, que oficializa todos os valores. Pode não parecer relevante para empresas pequenas, mas é um componente muito importante para o melhor funcionamento da empresa.

Determinação da participação de cada sócio

Uma das principais funções do contrato social é determinar qual é o nível de participação de cada sócio da empresa dentro dos negócios. Aqueles com o maior capital social, logicamente, possuem uma porcentagem maior da empresa, sendo mais relevantes na tomada de decisões dentro da empresa.

Isso significa, por exemplo, que um novo investidor, ao inserir mais recursos na empresa, ganha um valor equivalente ao seu investimento. Isso aumenta o capital total da empresa e transfere parte dos direitos de participação para o novo sócio. Caso a contribuição seja na forma de propriedades, materiais e outros similares, é necessário calcular o valor dos recursos oferecidos para determinar o capital total.

Estruturação do capital inicial da empresa

A importância do capital social para um negócio está também no planejamento de seus primeiros meses de orçamento. Como já mencionamos, ele é a soma de todo o investimento inicial bruto feito na empresa. E para que ela cresça e comece a se sustentar sozinha, é importante que os capitais social e inicial estejam alinhados.

Ao planejar o primeiro orçamento da empresa, ele deve necessariamente estar de acordo com os recursos disponíveis. Com um capital inicial e social delimitados, é possível elaborar um plano de negócios mais consistente, aumentando as chances de sucesso da empresa no mercado.

E as mudanças no capital?

Se você já lida com o próprio negócio, mesmo como MEI (Micro Empreendedor Individual), sabe como pode ser útil ou necessário colocar mais capital na empresa. Isso significa que você estará fazendo uma mudança no capital social da empresa. Para aumentar o valor, é necessário, além do investimento, fazer uma mudança no contrato social da empresa.

Reduzi-lo é um pouco mais difícil e geralmente decorre de perdas irreparáveis ou quando o investimento excede o valor inicial necessário. A redução do valor deve ser decidida em assembleia, já que uma das partes perderá sua porcentagem de participação na empresa. A ATA também deve ser publicada, garantindo mais transparência.

Agora você entende um pouco melhor a importância do capital social para o seu negócio. Tem mais alguma dúvida? Então deixe um comentário com sua pergunta e logo responderemos.

[mautic type=”focus” id=”1″]

Simule seu crédito
Share This