Como conseguir menores taxas para empréstimos?

Capital de GiroAs taxas para empréstimo têm extrema importância na hora de buscar recursos junto a bancos e financeiras. Por melhor que pareçam as condições — prazos prolongados, carência etc. —, o mais importante é dar atenção aos juros, pois eles podem tornar o dinheiro recebido muito caro.

É fundamental avaliar as opções disponíveis e buscar taxas mais baixas em bancos e linhas de crédito diferentes.

Quer entender mais a respeito? Acompanhe as informações deste artigo.

O que torna um empréstimo mais caro?

Não somente as taxas de juros influenciam no valor dos empréstimos. Outros fatores impactam o total a pagar, por exemplo:

  • prazo — quanto maior ele for, mais juros você pagará;
  • taxas bancárias — tarifas para abrir e renovar crédito, para manter sua conta ou transferir seus recursos para outro banco podem encarecer sua dívida;
  • IOF – obrigatório para qualquer transação, o Imposto sobre Operação Financeira é calculado sobre o valor que você pede emprestado e embutido nas parcelas, aumentando o valor final.

Na hora da escolha, avalie todos os custos que você terá para tomar dinheiro emprestado e calcular, somando o total das prestações, o quanto vai, de fato, pagar.

O que é Custo Efetivo Total?

O CET (Custo Efetivo Total) é uma taxa que representa o preço total que você paga pelo dinheiro que toma emprestado. Como os valores acima citados também são, conforme dissemos, embutidos no saldo devedor, os juros efetivos acabam saindo mais altos que o contratado.

O CET, então, representa a taxa que você paga, de fato, pelo dinheiro. Comparar os CETs de suas opções é uma forma clara e simples de escolher o empréstimo mais vantajoso.

Por que algumas taxas para empréstimo são mais baixas que outras?

Quanto menos garantia o banco tiver de que vai receber o montante emprestado, mais altas serão as taxas de juros. Por isso, financiamentos de veículos e imóveis costumam ter juros bem mais atrativos.

Ainda, a maioria das operações de créditos são cobertas por seguradoras que ressarcem os bancos, se o cliente ficar inadimplente. Empréstimos sem muitas garantias, com maior grau de risco, não contam com esse seguro e se tornam, para o cliente bancário, muito mais caros.

Quais as opções de empréstimo mais atrativas?

De acordo com as premissas acima, podem ser mais atrativos:

1. Financiamentos de veículos

Carros, motos e caminhões, por exemplo, possuem linhas de crédito específicas. Nelas, o veículo é dado como garantia do empréstimo e fica alienado fiduciariamente ao banco, até a quitação total da dívida. Ou seja: o proprietário utiliza o bem, mas não pode efetuar venda ou transferência para um terceiro.

2. Financiamentos imobiliários

Da mesma forma que os financiamentos de veículos, os empréstimos para compra de casas e apartamentos também têm taxas muito atrativas, porque o imóvel fica preso ao contrato até o pagamento da última parcela.

3. Créditos em consignação

Esses são aqueles empréstimos em dinheiro, nos quais as parcelas são debitadas diretamente da folha de pagamento do devedor. Há opções para:

  • servidores públicos;
  • aposentados;
  • pensionistas;
  • funcionários de empresas com folha de pagamento no banco e contrato para desconto direto no holerite.

4. Factoring ou antecipação de recebíveis

Antecipação de Recebíveis NexoosUma empresa de Factoring ou mesmo uma instituição bancária permite que um empresário ofereça seu saldo a receber de vendas parceladas (cheques, boletos etc.), em troca de crédito.

Comumente chamada de antecipação de recebíveis, essa alternativa faz com que a empresa tenha dinheiro para usar como capital de giro, mesmo vendendo a prazo.

Apesar de ser uma alternativa interessante, é preciso estar atento aos percentuais que o Factoring fica de seus recebíveis, pois alguns podem ter taxas bem altas.

5. Leasing

O leasing, ou arrendamento mercantil, é uma opção de crédito semelhante ao aluguel de um veículo. Nesse caso, você, como cliente, paga pela utilização do bem e, ao final do contrato, passa a ser seu proprietário, caso decida por isso. 

É importante sempre salientar, por outro lado, que juros de cartão de crédito e cheque especial tornam essas fontes de recursos muito caras, especialmente para empresas que trabalham com margens de lucro reduzidas. Evite-os, portanto, e busque alternativas mais viáveis.

Você já experimentou taxas para empréstimo muito altas? Como foi essa experiência? Conte para nós: deixe um comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *