Digitalize o crédito para sua empresa. Simule com a Nexoos!
Gestão Financeira - Melhores Práticas
Empresas

Gestão financeira para empresas: Conheça as melhores práticas!

Para alcançar uma gestão financeira eficiente, é necessário muito planejamento, controle e cuidado com as contas, já que qualquer deslize pode causar sérios prejuízos para o negócio.

Pensando nisso, fizemos este post para explicar a importância da gestão financeira para empresas e dar algumas dicas que podem ajudar a melhorar os processos e deixar os resultados ainda mais satisfatórios. Continue com a leitura e confira!

Qual a importância de uma gestão financeira eficiente?

A gestão financeira para empresas pode ser definida como um conjunto de ações e estratégias administrativas que abrangem análise, planejamento e controle das atividades que envolvem todas as questões monetárias, como as entradas, saídas, investimentos e capital de giro.

Sendo assim, essa prática de prever e controlar é fundamental para manter a sobrevivência saudável do seu negócio. Quando um gestor não adota procedimento de administração financeira, não consegue enxergar as chances de prejuízos ou de lucro.

Tanto é verdade que muitas empresas acabam fechando as portas devido à falta de gestão financeira e ausência de um plano de negócios bem estruturado e que esteja de acordo com as reais condições da companhia. Nesse caso, faltarão informações e isso levará a erros de cálculos importantes.

Além disso, alguns empresários ainda cometem um grande erro: misturar as finanças da empresa com as pessoais (falaremos a respeito dessa questão mais adiante).

Então, a gestão financeira para empresas pode ser comparada ao nosso coração, já que fornece todos os suprimentos que precisamos para manter as áreas do nosso corpo em completo funcionamento. Entretanto, quando apresenta algum tipo de falha, pode comprometer outros comandos e órgãos.

Para começar a adotar esse conjunto de ações estratégicas, é importante considerar o seu setor financeiro. Quando a sua empresa cresce, outras obrigações e gastos são alterados. Portanto, é preciso se manter ou garantir que a sua equipe do setor financeiro esteja sempre a par da real situação do negócio. Funcionários capacitados têm mais facilidade de gerenciar e identificar todas as caraterísticas de uma companhia.

Quais as melhores práticas de gestão financeira para empresas?

Selecionamos algumas dicas essenciais para uma gestão financeira eficiente. Saiba quais são elas agora mesmo!

Registrar todas as movimentações

Isso quer dizer que tudo que entra ou sai em termos de capital — o recebimento de receitas e pagamentos de fornecedores, por exemplo — deve ser registrado e bem controlado. Além de ter um controle maior sobre o fluxo de caixa, isso permite que o gestor se planeje melhor nas questões a respeito de recebimento, cobranças e negociação de prazos para pagamento de seus credores.

Vale lembrar que até as compras mais simples ou baratas — como o café da recepção — devem ser registradas.

Ter atenção para a formação de preços

Essa é uma das principais dicas de gestão financeira para empresas, visto que os preços estão diretamente ligados ao lucro que a empresa obterá em determinado período. Porém, é muito comum que essa atividade seja realizada de forma inadequada.

Para calcular o preço de um produto ou serviço corretamente é necessário identificar quais são todos os custos que envolvem sua realização — o que quer dizer levantar os gastos com energia elétrica, mão de obra, materiais, alimentação, entre outros. O preço final deve ser suficiente para cobrir esses gastos e ainda gerar uma margem de lucro satisfatória.

No entanto, não é só isso. Vale a pena analisar a situação do mercado e os preços que são praticados pelos concorrentes, e avaliar se o seu valor está condizente com a prática.

Separar as contas pessoais das contas da empresa

Infelizmente, essa é uma prática muito comum na gestão de empresas. Muitos empreendedores têm o hábito de levar as contas de casa — energia, reforma, escola, entre outras — para serem pagas com os recursos da empresa. Contudo, no longo prazo, essa prática pode causar sérios danos à saúde financeira do negócio e, inclusive, levar à falência.

O pró-labore estipulado para o empreendedor deve ser necessário para suprir seus gastos, sem que seja preciso envolver o capital da empresa para o pagamento dessas contas.

Redução de custos excessivos

Essa é uma das dicas de gestão financeira mais citadas e também das mais importantes. Quando é possível gerir um negócio com os custos reduzidos, o empreendedor passa a contar com uma margem de lucro maior e pode, consequentemente, oferecer preços mais competitivos no mercado. Assim, consegue se destacar de seus concorrentes.

Só é necessário tomar o cuidado de avaliar o corte de custos e suas consequências. Isso serve para evitar perder em qualidade no produto ou serviço oferecido ao cliente ou então criar uma relação em que o custo-benefício não seja satisfatória.

Investir em software de gestão financeira

A gestão financeira é uma área que, por si só, necessita de diversos controles para que possa ser bem conduzida. Porém, fazer essa gestão de forma manual deixa os processos mais sucessíveis a erros.

Implementar um sistema de gestão permite automatizar processos, modernizar a gestão e obter maior agilidade na execução das tarefas. Além disso, proporciona maior confiabilidade nas informações e dá a possibilidade de elaborar relatórios que ajudem na análise das atividades e no processo de tomada de decisão.

Planejar o fluxo de caixa

Esse é um ponto crucial para o sucesso e a longevidade das pequenas e médias empresas — já que as PMEs costumam não ter tanto fôlego (caixa) para aguentar momentos de crise. Portanto, um planejamento financeiro é a única saída para não ter problemas com o caixa da empresa, uma vez que é possível identificar uma eventual adversidade e, dessa forma, tomar as atitudes cabíveis a tempo.

Nesse cenário, a Nexoos é uma grande aliada das empresas. Isso porque ela facilita empréstimos para capital de giro com juros mais baixos, o que é uma alternativa muito interessante para o empresário.

Levantar indicadores e trabalhar com base neles

A análise de indicadores é fundamental para uma gestão eficiente e estratégica. Por meio desses demonstrativos e análise de dados, é possível garantir o acompanhamento do real desempenho da sua empresa.

Sendo assim, é preciso ficar de olho neles e, quando estiverem em mãos, trabalhar em cima desses números. Assim, poderá ter uma visão holística das finanças, bem como identificar com mais clareza os pontos fortes e fracos.

Os mais importantes são:

  • indicadores de rentabilidade
  • indicadores de atividade;
  • indicadores de capital;
  • indicadores de liquidez.

Elaborar um plano de ação com metas periódicas

O planejamento deve ser a base de qualquer gestão financeira para empresas. Quando se estipula estratégias, planos e metas com embasamento em indicadores, todos os membros da equipe passam a trabalhar para atingir o mesmo objetivo. Ou seja, eles recebem um norte e ficam cientes de onde devem colocar esforços.

Analisar os resultados por meio de relatórios

Um ponto-chave desse processo é manter o controle de registros financeiros, metas e planos da sua empresa. Diante disso, é imprescindível se munir de informações confiáveis e ter conhecimento de todos os resultados de cada setor, de forma atualizada e frequente.

É importante que os relatórios contem com informações do seu fluxo de caixa, despesas, receitas, inadimplências e, principalmente, todas as movimentações financeiras.

Fazer um controle mensal

Além de registrar todas as movimentações, é relevante adotar o hábito de realizar um controle mensal. Para isso, reúna todos os seus relatórios e informações de entradas e saídas. Assim, você consegue acompanhar todo o seu faturamento proveniente daquele período.

No artigo de hoje, apresentamos a importância da gestão financeira para empresas e algumas dicas de como fazer esse trabalho de forma eficiente para alavancar os resultados do negócio. Porém, cabe ao gestor avaliar suas necessidades e oportunidades de melhorias, de modo a encontrar soluções que aprimorarão seus processos.

E então, você acredita que as nossas dicas podem ajudar a melhorar o seu negócio? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Aproveite o espaço de comentários e participe!

Simule seu crédito
Share This