Saiba como aumentar o faturamento da sua empresa!

Aumentar o faturamento é uma ação fundamental para o crescimento do negócio, mas envolve uma série de outras iniciativas que você precisa dominar. Saiba mais!

Aumentar o faturamento não é um objetivo relacionado apenas ao crescimento do negócio. É um aspecto importante também para garantir investimentos. Empresas com faturamento baixo ou inconstante têm grandes dificuldades para conquistar financiamentos e empréstimos que poderiam fazer o negócio crescer e se modernizar.

Por isso, vamos falar neste post sobre a importância de alcançar e manter um bom faturamento. Saiba quais ações práticas você pode tomar para obter o controle sobre as finanças da empresa e garantir mais lucros!

Caso você tenha um bom faturamento e esteja buscando capital de giro, capital para refinanciamento ou expansão, conheça a Nexoos e confira as melhores taxas de juros para o seu negócio! Não precisa de garantias reais e o processo online é rápido, simples e seguro.

Faça uma simulação agora!

 

Como aumentar o faturamento?

Quando se fala em aumentar o faturamento, muitos empreendedores pensam logo em aumentar a cartela de clientes para vender mais ou fechar mais contratos. Mas existem outras estratégias que, mesmo não estando diretamente relacionadas ao seu público, também são capazes de elevar suas receitas. Vamos considerar as principais ações.

Reduza custos

Ao reduzir custos, você consegue elevar a margem de lucro. Mas o que isso tem a ver com o faturamento? O fato é que, em vez de impactar o caixa por buscar novos investimentos logo de cara, é possível mitigar despesas para direcionar o dinheiro para estratégias que alavanquem o faturamento.

Por isso, faça uma análise profunda de todos os custos do seu negócio, tente encontrar os gastos que mais pesam no orçamento e entenda o porquê. Assim, você detecta oportunidades para fazer cortes, além de definir um plano para reduzir custos fixos. Isso pode ser feito através de uma renegociação dos planos de telefonia, internet e outros serviços, por exemplo.

Também é possível implementar campanhas na empresa para reduzir o consumo de energia elétrica. Imagine o gasto com luzes e telas de computadores ligadas desnecessariamente e ar-condicionado em salas vazias.

Renegocie também com fornecedores. Se perceber certa inflexibilidade, procure novos e de quebra barganhe melhores condições de pagamento, como parcelamentos e prazos mais vantajosos.

Terceirize serviços

Contratação de mão de obra traz custos consideráveis para o negócio. Mas saiba que é possível delegar a outras empresas parceiras tarefas que não estão relacionadas ao seu core business. Dessa forma, você e sua equipe focam na sua atividade principal e deixam as demais nas mãos de profissionais especializados.

Assim, é a empresa terceirizada que vai arcar com custos trabalhistas, como salários, férias, abonos e outros benefícios. Entre os serviços que podem ser transferidos estão a contabilidade, marketing, limpeza, alimentação, segurança e manutenção predial.

Agora que você viu algumas maneiras de reduzir custos operacionais que vão elevar sua margem de lucro para otimizar seu potencial de investimentos, vamos falar de ações que vão aumentar o faturamento propriamente dito.

Fique atento a novas oportunidades de negócios

Para aumentar seu faturamento, é importante cuidar bem da sua cartela de clientes. Conheça bem seu público e estabeleça com ele um relacionamento mais próximo. Dessa forma, você conseguirá ter insights para identificar novas oportunidades de negócio. Assim, você aumenta o faturamento sem impactar o seu fluxo de caixa.

Mas talvez você pense que seria mais óbvio atrair mais clientes. A questão é que conquistar novos consumidores pode exigir um custo até 7 vezes maior do que fidelizar os atuais. Por isso, muitas empresas apostam em estratégias de retenção. Outra técnica muito interessante é o cross selling e o upselling:

  • cross selling: venda de produtos ou serviços relacionados e complementares ao que o cliente já comprou;
  • upselling: venda de um adicional ao produto ou serviço vendido.

Pareceu a mesma coisa para você? Na verdade, são bem diferentes. Veja um exemplo simples e prático. Você vai ao Mc’Donalds e compra uma batata. A atendente sugere que você aumente sua batata por mais R$ 1. Foi uma estratégia de upselling.

Depois você compra um hambúrguer com refrigerante e o atendente sugere a compra de um sundae. Foi um complemento, ou seja, um cross selling. Em ambos os casos, a estratégia resulta no aumento do faturamento. Esse recurso pode servir para diversos modelos de negócios!

Treine sua equipe

Se você tiver uma equipe qualificada, os resultados nas vendas serão muito melhores. Um atendimento de qualidade encanta o cliente, de modo que ele fica motivado a comprar e se relacionar com sua empresa por mais tempo.

Por isso, invista em treinamentos para seus funcionários. Assim, eles absorverão as melhores práticas do mercado e saberão como contribuir para processos mais bem-definidos.

Invista em ações de marketing

As ações de marketing servem para estreitar o relacionamento com seus clientes, mas também para atrair novas pessoas. Como você não quer interferir no seu fluxo de caixa, prefira o marketing digital, porque ele dá a vantagem de ter investimentos mais baratos do que os modelos tradicionais.

Por meio de campanhas em redes sociais, blogs e outras plataformas online, é possível alcançar um público muito amplo e fortalecer a marca no seu segmento.

Revise sua tabela de preços

Outra estratégia para aumentar o faturamento e atrair clientes é apresentar preços mais competitivos. Mas lembre-se que o preço pode ser um diferencial no início, mas pode não ser o suficiente para segurar a clientela. É necessário garantir um bom atendimento, uma ótima experiência de compra e serviços e produtos de qualidade.

Mas para assegurar um crescimento sustentável do faturamento, é necessário que suas contas estejam bem organizadas, o que está diretamente relacionado ao seu fluxo de caixa. Por isso, aproveitamos para separar algumas práticas indispensáveis.

Como controlar o fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é um instrumento financeiro para organizar as entradas e saídas de dinheiro no caixa do negócio. Também entra no registro todo o saldo presente nas contas bancárias e no próprio caixa.

Ao avaliar o fluxo de caixa, o gestor consegue descobrir se a movimentação de recursos que entra na empresa está condizente ao que foi planejado. Assim, ele se torna uma ferramenta indispensável para manter um bom controle financeiro.

Para controlar o fluxo de caixa de forma adequada:

  • registre tudo o que entra e sai, detalhando a transação com descrição, data e categoria de gasto ou receita;
  • acompanhe as movimentações todos os dias;
  • adote um fluxo de caixa projetado, incluindo valores que você espera gastar ou receber;
  • entenda em que ciclo o seu negócio se encontra. Assim, você saberá que há épocas de crescimento (contratações, ampliações, investimentos) e outras de recessão, em que é necessário segurar as pontas;
  • monte uma reserva financeira por meio do capital de giro.

É claro que aumentar o faturamento da empresa não significa que sua margem de lucro vai alavancar automaticamente. O lucro depende também do montante de despesas que seu negócio tem. Por isso, essa estratégia deve ser feita em conjunto com iniciativas de redução de custos e um bom fluxo de caixa.

 

Quer saber mais detalhes sobre como gerenciar seu fluxo de caixa? Então, confira nosso Guia completo: Como controlar o fluxo de caixa da sua empresa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima