Digitalize o crédito para sua empresa. Simule com a Nexoos!
margem de lucro
Empresas

Saiba como calcular a margem de lucro do seu produto

Por mais óbvio que pareça, a verdade é que o objetivo de toda empresa é ser rentável. Por isso, é um grave problema quando o empreendedor abre um negócio sem saber como calcular a margem de lucro.

Sem esse conhecimento, é provável que ele arque com severos prejuízos enquanto acredita estar conquistando bons resultados — o que tende a terminar em dívidas e frustrações.

Embora a operação para mensurar o resultado de uma empresa pareça complicada, ela consiste em uma série de passos simples, que podem ser compreendidos facilmente.

Para saber como funciona a margem de lucro, continue a leitura deste artigo e descubra como calculá-la de forma precisa!

O que é lucro?

Entende-se por lucro a rentabilidade alcançada após o desempenho de determinada operação, como revender um produto, prestar um serviço, investir capital ou realizar um empréstimo e receber juros.

A quantia recebida pelo empreendedor, desde que seja maior do que o capital que ele aplicou, é o seu lucro. Caso o resultado final seja um montante menor, ele acabou ficando no prejuízo.

Digamos, por exemplo, que um empreendedor compre no atacado (via internet) 10 caixas de sapatos, cada uma com 8 unidades, por R$ 100. O frete cobrado pela entrega foi de R$ 200. Portanto, o empreendedor gastou R$ 1.200 para adquirir 80 sapatos.

Passado algum tempo, ele vendeu todos os sapatos, cada um por R$ 20, o que resultou no acúmulo de R$ 1.600. No fim o lucro auferido na operação foi de R$ 400. Isso, é claro, sem considerar despesas com aluguel de um ponto comercial, pagamento de funcionários, propaganda e outros custos operacionais.

É possível traduzir esse exemplo em uma fórmula simples.

Lucro bruto = receita arrecadada – custos

Lucro bruto = R$ 1.600 – R$ 1.200 = R$ 400

O lucro bruto considera apenas a receita total e as despesas operacionais. Para alcançar uma representação mais exata das despesas e da rentabilidade auferidas na operação, a inclusão de outros fatores se faz necessária.

Esses fatores que complementam o cálculo, aumentando sua exatidão, são os tributos e as despesas fixas e variáveis. Eles também devem ser deduzidos do lucro da operação.

O que é margem de lucro?

A margem de lucro é uma representação percentual do valor que o empreendedor espera receber por meio da venda de um produto ou da prestação de um serviço. Ela é fundamental para que projeções financeiras sejam elaboradas, pois demonstra de modo claro o percentual de retorno auferido pelo empreendedor.

Esse valor de retorno pode ser dividido em duas categorias distintas: margem de lucro bruta e margem de lucro líquida.

Margem de lucro bruta

A margem de lucro bruta representa o valor percentual que o empreendedor recebe depois de determinada aplicação. Seu objetivo é mensurar a rentabilidade do investimento, de modo que seja possível verificar sua taxa de sucesso.

Isso acontece porque, caso esse retorno seja calculado apenas com base na quantidade de moeda arrecada, ocorreria uma distorção. Afinal, existe uma grande diferença de rentabilidade entre uma empresa que entrega R$ 50 mil de margem de lucro a partir de uma receita de R$ 80 mil e uma empresa que tem o mesmo retorno de R$ 50 mil, mas sob uma receita de R$ 300 mil.

Basicamente, o cálculo da margem de lucro bruta pode ser resumido na seguinte fórmula.

Margem de lucro bruta = lucro bruto / receita total x 100

Vamos utilizar um exemplo para explicar a operação de forma mais detalhada. Digamos que durante 3 meses o rendimento mensal de uma loja de roupas foi que R$ 15 mil. No mesmo período, suas despesas representaram R$ 8 mil.

Lucro bruto = R$ 15 mil – R$ 8 mil

Lucro bruto = R$ 7 mil

Margem bruta = R$ 7 mil / 8 mil x 100

Margem bruta = 87%

Margem de lucro líquida

Diferentemente da margem bruta, a líquida trabalha com mais variáveis. Ela exige que todas as despesas (inclusive os tributos) sejam deduzidas do lucro antes que ele seja dividido pela receita total e multiplicado por 100.

O resultado é um retorno percentual mais preciso, que indica exatamente a margem de rentabilidade do empreendimento.

Vamos observar a operação na prática por meio de um exemplo.

  • Receita de uma lanchonete: R$ 40 mil
  • Custos operacionais: R$ 10 mil
  • Tributos federais, municipais e estaduais: R$ 12 mil
  • Despesas fixas: R$ 1.000
  • Despesas variáveis: R$ 1.000

Lucro líquido = R$ 40 mil – R$ 10 mil – R$ 12 mil – R$ 1.000 – R$1.000

Lucro líquido = R$ 16 mil

Margem de lucro líquido = R$ 16 mil / R$ 40 mil x 100

Margem líquida = 4%

Qual é a margem de lucro ideal?

Não existe uma resposta definitiva para essa pergunta, mas alguns especialistas costumam argumentar que para empresas que atuam no setor de serviços, a taxa mais adequada seria de 20%. Para a indústria, a margem de lucro ideal beira 8% de retorno.

A escolha de determinada margem de lucro não pode ser feita ao acaso ou com base simplesmente em desejos. Antes de tomar essa decisão, o empreendedor precisa fazer uma pesquisa de mercado e verificar os preços que estão sendo cobrados por seus concorrentes.

Outro ponto a ser considerado é que produtos diferentes têm características distintas, de modo que sua margem de lucro deve ser calculada individualmente.

Por fim, é importante que a margem de lucro seja elevada o bastante para compensar todo o trabalho dedicado à operação. Caso seu valor seja inferior ao esforço que demanda, pode ser mais interessante buscar uma opção diferente de negócio ou até mesmo uma colocação no mercado de trabalho outra vez.

Uma vez que o empreendedor sabe como calcular sua margem de lucro, ele pode verificar se o seu negócio realmente faz sentido ou não do ponto de vista financeiro. Sem esse conhecimento se torna impossível mensurar o desempenho da empresa para instituições financeiras, pois elas trabalham com valores percentuais, e não reais.

Ter acesso a esses dados é fundamental para todo empreendedor. Não é um exagero dizer que sem conhecer a margem de lucro é praticamente impossível ter sucesso em um empreendimento.

Agora que você sabe a importância e como calcular a margem de lucro, siga-nos nas mídias sociais e continue por dentro de conteúdos relevantes como este! Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e no LinkedIn.

Simule seu crédito
Share This