Qual o momento certo para solicitar um empréstimo?

Solicitar um empréstimo é uma alternativa que se apresenta para as empresas tanto para sanar as dívidas adquiridas ao longo do tempo, como para financiar o seu capital de giro ou para a expansão das suas atividades.

Por ser um processo burocrático e que envolve muitos custos associados, muitos empresários não consideram a viabilidade de tal opção e dão preferência por acumular capital para depois reinvestir, o que pode resultar na perda de várias oportunidades lucrativas para o seu negócio.

Sendo assim, preparamos este post para apresentar quando a sua empresa deve solicitar um empréstimo e quais fatores devem ser levados em conta antes dessa solicitação. Ademais, é apresentada uma lista com a documentação básica necessária para esse processo. Confira!

O que você deve levar em consideração antes de solicitar um empréstimo?

Previamente à solicitação de crédito junto a uma instituição financeira, é importante que você pondere alguns fatores, para saber se essa é a melhor opção para o seu negócio. Vejamos alguns logo abaixo.

Analisar os motivos para a solicitação do empréstimo

Muitos gestores optam por tomar empréstimos sem analisar a real situação da sua empresa, o que pode resultar em sérios prejuízos para o seu negócio. Muitas vezes, ao fazer a análise dos indicadores financeiros o gestor pode encontrar formas de cortar gastos e despesas, o que pode retirar a necessidade do crédito.

Portanto, é essencial que você tenha um banco de dados estruturado e organizado com as informações financeiras do seu empreendimento, para saber a real necessidade da solicitação de crédito junto às instituições desse tipo.

Verifique se existem outras soluções viáveis

As altas taxas de juros cobradas pelos bancos muitas vezes tornam os custos dos empréstimos proibitivos, portanto, solicitar crédito junto a essas instituições nem sempre é a melhor solução para a quitação das suas dívidas.

Antes de recorrer a essa solução, verifique se você não tem alternativas, como reservas financeiras, venda de bens, cortes de gastos desnecessários, etc.

Caso nenhuma dessas soluções seja viável, solicite um empréstimo para sanar suas dívidas ou para financiar as atividades da sua empresa.

Examine se você tem condições de pagar o empréstimo

Muitas vezes, diante das dificuldades, os gestores decidem por tomar empréstimos pensando em sanar as dívidas de curto prazo e não se preocupam em analisar se a empresa terá condições de pagar esse novo débito.

Portanto, antes de recorrer a essa solução, é importante que você analise todos os gastos do seu negócio — como salários, pagamento de fornecedores, custos com materiais e insumos, etc. — somado ao custo das parcelas dos empréstimos. Assim você avaliará corretamente sua real capacidade de pagamento.

Ponderar se você tem dívidas altas que vão acumular

Antes de tomar um empréstimo é importante avaliar todas as suas dívidas para evitar acumular compromissos impossíveis de serem honrados. Caso sua empresa tenha um elevado nível de endividamento e não consiga garantir a rentabilidade necessária para o pagamento dessas dívidas, seu negócio corre o risco de ir à falência.

Portanto, é importante que você faça essa análise prévia para evitar prejuízos maiores no futuro.

Verificar a situação do seu capital de giro

É usual, no mundo corporativo, a solicitação de empréstimos para financiar o capital de giro das empresas. Tal operação não é muito burocrática, permite o pagamento das parcelas antecipadamente e não têm taxas de juros tão elevadas.

Com isso, caso sua empresa precise aumentar seu fluxo de caixa ou tenha problemas emergenciais, essa opção de financiamento do capital de giro pode ser uma boa alternativa.

Analisar se a sua empresa é inovadora

Os cenários mudam constantemente e, muitas vezes, de forma inesperada, trazendo à tona as novas oportunidades de negócios. Diante dessas mudanças, as empresas devem sempre inovar, sob pena de perder espaço no mercado, que é cada vez mais competitivo.

Como nem sempre as empresas têm capital suficiente para financiar a inovação, a solicitação de empréstimos se apresenta como uma boa opção. Entretanto, é importante que você pesquise as condições oferecidas pelos bancos para escolher aquela correspondente ao melhor custo-benefício.

Analisar se existem oportunidades de expansão

O entendimento dos mercados e da concorrência é importante para avaliar o momento correto de expandir as atividades da sua empresa. Portanto, ao constatar uma perspectiva de aumento da demanda pelos produtos ou serviços do seu negócio, você estará diante da necessidade de expansão do seu empreendimento.

Com isso, a solicitação de empréstimo se apresenta como uma boa alternativa para garantir a lucratividade do seu negócio.

Fazer simulações em diferentes instituições financeiras

Muitos bancos oferecem a possibilidade de fazer simulações de financiamento de forma online. A partir dessas ferramentas você pode encontrar as taxas de juros e prazos que melhor se adequem ao seu perfil e que garantam maior rentabilidade para o seu negócio.

Portanto, é imprescindível fazer essas simulações antes da contratação de um empréstimo, para escolher aquele que corresponda ao melhor custo-benefício.

Quais são os documentos necessários para a tomada de crédito?

A solicitação de empréstimos junto às instituições financeiras pode ser um processo bastante burocrático e demorado. Como os documentos necessários variam em cada instituição, abaixo segue a lista da documentação básica exigida:

  • contrato social;
  • quadro societário;
  • balanço patrimonial;
  • parecer de auditoria independente;
  • cópia das folhas da Declaração Integrada de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica — DIPJ;
  • balancete analítico;
  • faturamento mensal do último exercício;
  • plano de negócios no caso de abertura ou expansão da empresa.

É importante destacar ainda que, ao identificar a real necessidade de solicitação de um empréstimo para financiar a sua empresa, você deve pesquisar sobre quais as linhas de crédito empresarial existem no mercado e que melhor se enquadrem no seu perfil — as mais comuns são a antecipação de recebíveis, capital de giro, financiamentos e microcrédito.

Entendeu quais são os fatores que devem ser levados em conta no momento da solicitação de um empréstimo junto às instituições financeiras? Para saber mais sobre o assunto, assine a nossa newsletter e tenha acesso periódico a conteúdos exclusivos que vão ajudar você a ter maior lucratividade com o seu negócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *